DST

    As DST (também chamadas doenças venéreas) são contagiosas. Espalham-se através de relações sexuais desprotegidas. Como a maioria das DST inicialmente não causa nenhum sintoma, muitas pessoas não sabem que estão infetadas. Isto permite que a doença se espalhe ainda mais. Nesta página, pode ler mais sobre as DST mais comuns, bem como sintomas associados, riscos e opções de tratamento.

    O que é Dokteronline?

    Dokteronline é um website informativo e um serviço para clientes online. O serviço Dokteronline não oferece produtos ele próprio, mas garante produtos genuínos seguros e rápidos, fornecidos de forma discreta por farmácias independentes registadas e regulamentadas. Se necessário, também é possível marcar consultas junto de médicos da UE, devidamente habilitados e registados. Assim, Dokteronline oferece um serviço integral e completo (eHealth) e não se trata de um médico online, ou farmácia online. Consulte os Termos e Condições para mais detalhes.

    1. 1
      É você quem escolhe o seu tratamento

      Conheça as possibilidades e escolha o tratamento que mais lhe convier.

    2. 2
      Nós fornecemos-lhe a assistência necessária

      Um médico analisará o seu questionário médico e enviará a sua receita para uma das farmácias afiliadas.

    3. 3
      Entregas ao domicílio sem complicações

      Receberá a encomenda em sua casa de forma rápida e cómoda.

    Leia mais

    O que é o dst?

    DST é uma abreviatura e significa doença sexualmente transmissível, ou seja, doenças contraídas através de contacto sexual desprotegido (relações sexuais sem preservativo). Os agentes patogénicos (geralmente uma bactéria, parasita ou vírus) podem ocorrer em sémen, no líquido pré-ejaculatório, fluido vaginal, membranas mucosas, sangue, pelos púbicos ou na pele. São depois transmitidas a um parceiro durante a relação sexual.

    Lista de DST: que doenças sexualmente transmissíveis existem?

    As DST são muito comuns, especialmente em pessoas que têm múltiplos parceiros sexuais. Os jovens com menos de 25 anos também estão em maior risco de contraírem uma DST. Abaixo segue uma lista das DST mais comuns:

    • Clamídia. Esta DST é causada pela bactéria da chlamydia trachomatis que pode causar infeções na uretra, no colo do útero, no reto ou na garganta;
    • Gonorreia. Causada pela bactéria neisseria gonorreia. A gonorreia causa inflamação nos órgãos genitais, ânus e/ou garganta;
    • Verrugas genitais. Estas verrugas apresentam-se sobre ou em torno dos genitais e do ânus e são causadas pelo vírus HPV (vírus do papiloma humano);
    • Sífilis. Esta doença venérea começa com feridas nos genitais devido à bactéria treponema pallidum;
    • Tricomoníase. Esta DST é um parasita que pode causar inflamação na vagina, uretra e bexiga;
    • Herpes genital. O vírus herpes simplex instala-se nas membranas mucosas. Este vírus permanece no corpo para sempre e pode surgir devido a certos fatores como stress, menstruação ou um sistema imunitário enfraquecido.
    • HIV. O vírus da imunodeficiência humana (VIH) afeta o sistema imunológico. Se esta DST não for tratada, a doença pode desenvolver-se para SIDA. O HIV é espalhado, não só através de relações sexuais desprotegidas, como também pode ser transmitido através do contacto com o sangue, por exemplo, ao partilhar agulhas hipodérmicas contaminadas.
    • Infeções genitais. Estas referem-se a infeções dos genitais causadas por uma infeção ou fungo. A candidíase é um exemplo disso. As mulheres estão mais propensas a sofrer desta condição do que os homens.

    DSTS sintomas

    No início, pode não reparar na maioria das DST. Por vezes, os sintomas só surgem numa fase posterior (após algumas semanas). Os sintomas que podem ocorrer diferem de uma DST para a outra. Os homens também podem ter sintomas diferentes das mulheres. Abaixo pode encontrar uma lista com alguns sinais mais comuns de uma DST.

    DST sintomas nos homens

    • Dor ou sensação de ardor ao urinar;
    • Secreção que sai da uretra;
    • Comichão, feridas ou verrugas no pénis, glandes e/ou ânus;
    • Dor no escroto.

    DST sintomas nas mulheres

    • Dor ou sensação de ardor ao urinar;
    • Secreção vaginal (mais elevada) que pareça ou cheire de forma diferente;
    • Comichão, feridas ou verrugas nos lábios e/ou na vagina ou no ânus;
    • Sangramento vaginal após o sexo ou entre a menstruação;
    • Dor no abdómen inferior.

    Teste DST

    O problema com as DST é que geralmente há poucos sintomas. Pode verificar se tem uma DST fazendo testes de forma regular.

    Uma relação sexual desprotegida é a principal causa de uma infeção por DST. Assim, é uma boa ideia fazer um teste de DST se tiver feito relações sexuais sem preservativo. Pode fazê-lo através do seu médico de medicina geral, mas existem, cada vez mais, autotestes para as DST.

    Também é aconselhável fazer um teste se estiver a mostrar sinais de uma DST, mesmo que tenha usado um preservativo. Algumas DST podem ser espalhadas através do contacto com a pele ou através de objetos, como uma toalha contaminada. Faça sempre um teste de DST imediatamente se descobrir que um (ex) parceiro está infetado com uma DST.

    Se o resultado for negativo, mas continuar a ter sintomas, deve consultar um médico. Se o resultado for positivo, procure o tratamento o mais rápido possível.

    Tenha em conta o período de incubação de uma DST

    Importante: pode levar algumas semanas até os agentes patogénicos aparecerem num teste de DST. Não faça nenhum teste de DST tão cedo, pois há a possibilidade de o resultado não ser fiável. Este tempo de incubação para as DST está geralmente indicado no folheto informativo que vem com o autoteste, mas pode igualmente pedir conselhos a um médico ou farmacêutico.

    Tratamento de DST com medicação

    Uma DST não tratada pode causar graves problemas de saúde a longo prazo. A clamídia, por exemplo, pode causar inflamação das trompas de Falópio ou redução da fertilidade no futuro. A sífilis pode eventualmente causar danos graves nos órgãos. E o HIV não tratado pode tornar-se na condição mais perigosa, conhecida como SIDA.

    Não espere muito tempo para testar uma DST e comece o tratamento o mais rapidamente possível se o resultado for positivo. Adiar o tratamento não é aconselhável, mesmo que não tenha qualquer sintoma (ainda). Uma DST não vai curar-se a si mesma!

    Que medicamentos devo tomar para uma DST?

    As DST são geralmente tratáveis. Os médicos costumam receitar antibióticos ou inibidores do vírus para matar os agentes patogénicos. Na maioria dos casos, a doença desaparecerá e deixará de correr o risco de contaminar outras pessoas. Os medicamentos mais conhecidos para DST incluem:

    • Antibióticos, como a azitromicina, a doxiciclina e a ciprofloxacina. Estes fármacos matam as bactérias que causaram a DST. São utilizados para infeções por sífilis e clamídia, entre outros;
    • Inibidores do vírus, como o acyclovir e o imiquimod. Estes fármacos inibem o crescimento de um vírus. São utilizados para o tratamento do HIV, verrugas genitais e herpes genital;
    • Medicamentos antifúngicos, como o fluconazol e o clotrimazol. Estes fármacos acabam com infeções e fungos, assim como os seus esporos. São receitados para as infeções genitais, como a cândida.

    Tratamento de DST: informação importante

    O tratamento de uma DST é geralmente feito com medicamentos que têm receita médica. É necessária uma receita, uma vez que estes fármacos podem causar efeitos colaterais e não são adequados a todas as pessoas.

    Os efeitos colaterais que podem ocorrer com a utilização de medicamentos para DST incluem:

    • Problemas gastrointestinais;
    • Hipersensibilidade da pele à radiação UV;
    • Dores de cabeça;
    • Tontura.

    Por favor, note: se ficar infetado com uma DST, é importante informar o seu, ou os seus, parceiros sexuais. É importante que também sejam testados o mais rapidamente possível.

    Se tiver uma infeção por DST, é aconselhável não ter relações sexuais até que tenha concluído o tratamento com sucesso e já não seja contagioso. Tenha sempre relações sexuais com um preservativo depois para minimizar a possibilidade de uma nova infeção.

    Tem perguntas sobre as DST ou o tratamento de doenças sexualmente transmissíveis? Um médico ou farmacêutico poderá ajudá-lo mais detalhadamente.

    Voltar para o início