Melatonina

A melatonina é usada para tratar a insónia e a alteração dos ritmos circadianos. A melatonina é uma hormona produzida por uma estrutura no cérebro, a epífise (glândula pineal). Mais informações

O seu pedido será analisado por um médico, que prescreverá uma receita se aplicável. A receita é encaminhada para uma farmácia, que lhe enviará o medicamento dentro de 1 a 3 dias úteis. Leia aqui mais informações sobre este processo.

Serviço
Custos do pedido
Serviço – Custos do pedido

Circadin (melatonine) 2 mg 21 compr.

Circadin (melatonine) 2 mg 30 compr.

Folheto(s) para o paciente

O que é a melatonina? 

A melatonina é usada para tratar a insónia e a alteração dos ritmos circadianos. A melatonina é uma hormona produzida por uma estrutura no cérebro, a epífise (glândula pineal). A melatonina desempenha um papel importante comunicando ao organismo que chegou o momento de descansar e dormir. Se a sintetização de melatonina for perturbada podem ocorrer perturbações do sono. Assim, a utilização de melatonina adicional pode ser particularmente útil para pessoas que sofrem de insónia. A melatonina é um fármaco de receita obrigatória. 

Para que é utilizada a melatonina? 

A melatonina é usada para tratar perturbações do sono em pessoas com dificuldade em adormecer, pessoas que não conseguem dormir sem interrupções ou que acordam sempre demasiado cedo. Esses problemas podem ser causados por vários fatores, como cegueira, jet-lag, menopausa, idade avançada, medicamentos ou hábitos de vida (por exemplo, trabalho noturno). A melatonina também pode ser usada para apoiar o processo de redução gradual de soporíferos sintéticos. 

Como usar melatonina 

A melatonina está disponível em diferentes dosagens. O médico recomendará a dose indicada para si, dependendo dos seus sintomas. O comprimido ou cápsula deve ser deglutido com água, sem mastigar, uma a duas horas antes de dormir. A melatonina deve ser tomada de preferência com a refeição. Não tome este medicamento continuadamente durante mais de 13 semanas sem consultar um médico. 

Posologia 

Salvo indicação em contrário do médico, a dose habitual em adultos é: 

  • 2 a 5 mg, tomados após a refeição, uma a duas horas antes de deitar. 

Em caso de crianças, a dose poderá necessitar de ser ajustada. Não exceda a dosagem recomendada e leia atentamente o folheto informativo antes de utilizar. 

Efeitos secundários 

A melatonina pode causar efeitos secundários. Os efeitos secundários conhecidos deste medicamento incluem: 

  • Dores de cabeça; 
  • Tonturas; 
  • Sonolência, insónia; 
  • Boca seca; 
  • Dores de estômago, obstipação; 
  • Maior necessidade de urinar, aumento de produção de urina; 
  • Sonhos invulgares; 
  • Inquietação, nervosismo; 
  • Transpiração excessiva. 

A maior parte dos efeitos secundários é temporária e desaparece quando o organismo se habitua ao medicamento. Consulte um médico em caso de efeitos secundários graves ou persistentes. Consulte o folheto na embalagem para mais informações sobre os possíveis efeitos secundários. 

Quando não deve usar melatonina 

A melatonina não é indicada para todos e não deve ser utilizada se: 

  • For alérgico à melatonina ou a qualquer outro ingrediente deste fármaco. 

Use este medicamento com cautela e sob supervisão médica se tiver problemas de saúde como doença hepática, distúrbios renais, doença autoimune ou epilepsia. É também importante informar o médico sobre que outros medicamentos ou suplementos nutricionais está a tomar atualmente. Isso evita possíveis interações e garante que a combinação com a melatonina é segura. 

Gravidez/condução/álcool 

Se estiver grávida ou a amamentar, não deve tomar melatonina, ou apenas o deve fazer após consultar previamente um médico. A melatonina pode causar tonturas ou sonolência. Não conduza nem circule no tráfego se observar estes efeitos secundários. Evite consumir álcool com este medicamento uma vez que isto poderá tornar o seu efeito menos eficaz.