Testavan

  • Aumenta o nível de testosterona
  • Destinado apenas aos homens
  • Aplicação cutânea
  • Não utilizar em caso de cancro da próstata

Sobre Testavan

Testavan é um gel transparente que contém testosterona, uma hormona masculina produzida naturalmente no seu organismo. Testavan é utilizado para substituir a testosterona em homens adultos quando não produzem testosterona natural suficiente: uma patologia denominada “hipogonadismo”. O medicamento ajuda a aumentar a testosterona para níveis normais.

O que faz a testosterona?

A testosterona é produzida naturalmente no organismo pelos testículos.

  • Ajuda a produzir esperma e a desenvolver e manter as características masculinas, tais como a voz grave e a pilosidade corporal.
  • É necessária para uma função sexual normal e para o desejo sexual.
  • Também ajuda a manter o tamanho e a força dos músculos.

Para que é utilizado este medicamento?

Testavan é utilizado em homens para substituição da testosterona para tratar diversos problemas de saúde causados pela insuficiência de testosterona (hipogonadismo masculino). Isto deve ser confirmado por duas medições separadas da testosterona no sangue. Devem existir também sintomas clínicos, tais como:

  • Impotência (disfunção erétil);
  • Infertilidade;
  • Diminuição do desejo sexual;
  • Cansaço;
  • Humor depressivo;
  • Perda óssea causada por níveis hormonais baixos;
  • Perda parcial de características sexuais secundárias, tais como alterações na voz, alterações na distribuição de gordura;
  • Perda parcial de pilosidade facial e corporal.

Utilização/atuação

Testavan deve ser utilizado conforme indicado pelo médico. Em caso de dúvida, consulte um médico ou farmacêutico.

Posologia: quantidade a utilizar

  • A dose inicial recomendada é de 23 mg de testosterona (uma bombada). Deve ser aplicado todos os dias uma vez por dia aproximadamente à mesma hora, de preferência de manhã. No entanto, alguns pacientes podem necessitar de uma dose mais elevada.
  • A dose máxima recomendada é de 69 mg de testosterona por dia (três bombadas).

A dose correta de que necessita será determinada pelo seu médico. Para isto, o médico controlará regularmente dois fatores:

  • Os níveis de testosterona no seu sangue;
  • O nível do efeito do medicamento no seu caso.

Não deve aplicar uma dose dupla para compensar qualquer dose esquecida. Consulte um médico se tiver usado gel em excesso ou se notar que o efeito do medicamento é demasiado forte ou demasiado fraco.

Utilização deste medicamento

É importante ler e seguir estas instruções para uma utilização correta do medicamento. Aplique o gel na pele utilizando o aplicador. O medicamento entra no organismo através da pele.

Aplique o medicamento apenas sobre a pele limpa, seca e saudável, na zona dos ombros ou na parte superior dos braços, seguindo para isso as instruções no folheto informativo. Este descreve o funcionamento exato do aplicador e como preparar a bomba de gel para a primeira utilização.

Nunca aplique o medicamento no pénis ou nos testículos, na pele que esteja lesada ou danificada ou sobre chagas abertas, feridas ou irritações.

Após a aplicação do gel:

  • Lave as mãos com água e sabão imediatamente, caso tenha gel nas mesmas.
  • O gel é inflamável até secar. Deixe o gel secar antes de fumar ou de se aproximar de chamas abertas.
  • Deixar o gel secar completamente antes de se vestir.
  • Vista roupas que cubram sempre o local de aplicação para prevenir transferência acidental do produto para os outros.
  • Aguarde pelo menos 2 horas antes de tomar duche, nadar ou tomar banho.
  • Lave o local de aplicação com água e sabão antes de qualquer situação em que seja provável o contacto da pele do local de aplicação com outra pessoa.

Quando não deve utilizar o medicamento

Este medicamento não é indicado para mulheres nem para jovens com menos de 18 anos de idade. As mulheres e crianças NÃO devem entrar em contato com este medicamento ou com a superfície da pele na qual o gel foi aplicado. Isto é especialmente verdadeiro para mulheres grávidas: este medicamento pode causar danos ao feto.

Para aumentar a segurança de outras pessoas, antes de qualquer contato de pele e antes das relações sexuais, lave o local da aplicação com sabão, por exemplo, no duche, ou, se isso não for possível, use uma t-shirt que cubra o local da aplicação durante o período de contato.

Quando não deve utilizar este medicamento?

  • Se tiver alergia a uma das substâncias ativas do medicamento. Poderá encontrar estas substâncias na secção 'Composição'.
  • Em casos confirmados ou suspeita de cancro da próstata.
  • Em casos confirmados ou suspeita de cancro da mama (raro nos homens).

Quando deve ter cuidados adicionais com este fármaco?

O tratamento com testosterona pode acelerar o progresso de um cancro da próstata pré-existente. O seu médico realizará os testes necessários antes de poder utilizar este medicamento e fará também controlos de acompanhamento.

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de utilizar o medicamento se qualquer das seguintes situações se aplicar a si:

  • Se tiver dificuldade em urinar devido a aumento do volume da próstata;
  • Se tiver cancro nos ossos;
  • Se tiver tensão arterial alta (ou se estiver a ser tratado para tal);
  • Se tiver doença hepática, renal ou cardíaca grave;
  • Se tiver doença cardíaca isquémica;
  • Se tiver problemas de coagulação sanguínea denominados trombofilia;
  • Se sofre de epilepsia;
  • Se tiver enxaquecas;
  • Se tiver dificuldade em respirar durante o sono, o que acontece mais frequentemente se tiver excesso de peso ou problemas crónicos nos pulmões.

Toma outros medicamentos?

Informe o seu médico ou farmacêutico se para além de Testavan estiver a tomar, tiver tomado recentemente ou planear tomar outros medicamentos. Isto inclui medicamentos obtidos sem receita médica e medicamentos à base de plantas. Testavan pode afetar a ação destes medicamentos, pelo que poderá ser necessário ajustar a dose.

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar os seguintes medicamentos:

  • Medicamentos para aumentar a fluidez do sangue (anticoagulantes): Testavan pode aumentar o efeito destes medicamentos;
  • Corticosteroides ou outros medicamentos que possam aumentar a produção destas hormonas: tanto os corticosteroides como Testavan podem fazer com que o organismo retenha mais líquidos;
  • Insulina (na diabetes); poderá ter de diminuir a dose de insulina durante o tratamento com Testavan.

No folheto informativo, encontrará mais informações sobre as advertências em caso de utilização de Testavan.

Efeitos secundários

Tal como qualquer medicamento, este medicamento também pode causar efeitos secundários, embora nem todas as pessoas os observem.

Frequentes (podem afetar menos de 1 em 10 pessoas):

  • Irritação da pele no local onde o gel foi aplicado (incluindo erupção na pele, secura e vermelhidão);
  • Níveis elevados de gordura (triglicéridos) no sangue;
  • Aumento da tensão arterial;
  • Aumento do PSA. Este valor pode ser utilizado para detetar doenças da próstata;
  • Aumento da percentagem de glóbulos vermelhos no sangue, (hematócrito).

Pouco frequentes (podem afetar até 1 em 100 pessoas):

  • Aumento da hemoglobina (o componente dos glóbulos vermelhos no sangue que transporta o oxigénio);
  • Dores de cabeça.

No folheto informativo poderá ver um resumo completo de todos os efeitos secundários possíveis. Consulte um médico se verificar efeitos secundários graves ou que não estão mencionados no folheto informativo.

Composição

A substância ativa deste fármaco é a testosterona. Os outros excipientes são etanol 96%, propilenoglicol (E 1520), éter monoetílico de dietilenoglicol, carbómero 980, trolamina, edetato dissódico e água purificada.

Um grama de gel contém 20 mg de testosterona. Cada bombada administra 1,15 g (1,25 ml) de gel contendo 23 mg de testosterona.

Testavan é fabricado por: Ferring Controlled Therapeutics Limited, 1 Redwood Place, Peel
Park Campus, East Kilbride, G74 5PB, Reino Unido.

Folheto informativo

Antes de utilizar, leia integralmente as instruções de utilização.

Folheto(s) para o paciente
Voltar para o início