Há quase 20 anos a fornecer serviços fiáveis
Entregas rápidas e sem complicações ao domicílio
Profissionalidade e experiência

Androgel (Testogel)

  • Aumenta o nível de testosterona
  • Destinado apenas aos homens
  • Aplicação cutânea
  • Não utilizar em caso de cancro da próstata

Sobre Androgel

Este medicamento contém testosterona, uma hormona masculina produzida naturalmente pelo organismo. Trata-se um tratamento hormonal para os homens usado para problemas relacionados com a deficiência de testosterona, como redução das características sexuais secundárias, alterações corporais, fraqueza ou cansaço, diminuição da libido e incapacidade de obter/manter uma ereção.

Androgel é um gel para aplicação cutânea. A substância ativa testosterona é absorvida no sangue através da pele. O nível de testosterona é assim suplementado.

Utilização/atuação

Este medicamento só deve ser usado por homens adultos. As mulheres e as crianças devem evitar qualquer contato com este medicamento ou com a pele na qual o gel foi aplicado.

Siga cuidadosamente o conselho do seu médico quando usar ANDROGEL. Em caso de dúvida, consulte o seu médico ou farmacêutico.

  • A dose recomendada é de 5 g de gel (ou seja, 50 mg de testosterona), aplicado uma vez por dia aproximadamente à mesma hora, de preferência de manhã.

A dose diária deve ser ajustada pelo médico, dependendo da resposta de cada paciente, não excedendo 10 g de gel por dia. O ajuste da posologia deverá ser efetuado com frações de 25 mg de testosterona, o que corresponde a 2,5 g de gel.

A administração do gel deve ser feita com uma camada fina sobre a pele limpa, seca e saudável em ambos os ombros, braços ou no abdómen. Após a abertura das saquetas, todo o seu conteúdo deve ser extraído da saqueta e aplicado diretamente na pele.

Deixar o gel secar durante pelo menos 3-5 minutos antes de se vestir. Lave bem as mãos com água e sabão após a aplicação do gel.

Deve aguardar pelo menos seis horas antes de tomar banho ou duche após a aplicação do gel.

Não aplicar na região genital (pénis e testículos) pois o elevado teor alcoólico pode causar irritação local.

Não deve aplicar uma dose dupla para compensar a dose esquecida. Consulte um médico se tiver usado ANDROGEL em excesso.

O tratamento com ANDROGEL não deve ser interrompido a menos que isso seja aconselhado pelo seu médico. Se tiver dúvidas sobre a utilização correta deste medicamento, contacte o seu médico ou farmacêutico.

No folheto informativo, encontrará mais informações sobre a administração de Androgel.

Quando não deve utilizar o medicamento

Não aplique Androgel:

  • Se tem alergia (hipersensibilidade) à testosterona ou a qualquer outro componente do gel;
  • Se sofre de cancro da próstata;
  • Se sofre de cancro da mama.

ANDROGEL não é recomendado para:

  • O tratamento da esterilidade ou impotência nos homens;
  • Crianças, uma vez que não foi clinicamente avaliado em rapazes com idade inferior a 18 anos;
  • As mulheres, uma vez que podem potencialmente desenvolver características masculinas.

Os androgénios podem acelerar a progressão do cancro da próstata e o aumento da próstata (hiperplasia benigna da próstata). Deve ser efetuada uma monitorização regular da próstata antes e durante o tratamento.

Em doentes com problemas cardíacos graves, insuficiência hepática ou renal, o tratamento com ANDROGEL poderá provocar complicações graves caracterizadas por edema, com ou sem insuficiência cardíaca congestiva.

A testosterona pode causar um aumento da tensão arterial, por isso ANDROGEL deve ser utilizado com precaução em homens com hipertensão.

Existem relatórios de agravamento das dificuldades respiratórias durante o sono em alguns pacientes durante o tratamento com testosterona, especialmente em pessoas com obesidade (excesso de peso) ou com dificuldades respiratórias pré-existentes.

Em caso de cancro nos ossos, os níveis de cálcio no sangue e na urina podem sofrer aumento. ANDROGEL pode afetar ainda mais esses níveis de cálcio. O seu médico pode desejar monitorizar os níveis de cálcio durante o tratamento com ANDROGEL.

Se receber tratamento de reposição de testosterona durante um longo período, poderá observar-se um aumento anormal do número de glóbulos vermelhos no sangue (policitemia). Devem ser efetuados exames laboratoriais regulares ao sangue para garantir que isto não acontece.

ANDROGEL deve ser utilizado com precaução em doentes com epilepsia e enxaquecas, pois estas patologias podem ser agravadas.

Em caso de reações cutâneas graves, o tratamento deve ser revisto e, se necessário, descontinuado.

Evite a transferência da testosterona

O gel de testosterona pode ser transferido para outras pessoas através de contacto longo ao nível da pele. As mulheres e as crianças e jovens com menos de 18 anos não devem ter contacto com este medicamento. Isto é especialmente importante para as mulheres grávidas uma vez que a testosterona pode prejudicar o feto.

Assim, deve observar os seguintes cuidados:

  • Lave bem as mãos com água e sabão após a aplicação do gel;
  • Cubra a zona de aplicação com vestuário após a secagem do gel;
  • Tome um duche antes de qualquer contato íntimo;
  • Além disso, durante os contatos íntimos, deve usar uma t-shirt que cubra o local onde aplicou ANDROGEL;
  • Em caso de contato, lave a área de contato o mais rapidamente possível com água e sabão.

Interação com outros fármacos

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos não sujeitos a receita médica, mas em particular anticoagulantes orais (para diluir o sangue), insulina ou corticosteroides. Estes medicamentos podem exigir um ajustamento da sua dosagem de ANDROGEL.

No folheto informativo encontrará mais advertências e precauções que deverá ler antes de começar a utilizar ANDROGEL.

Efeitos secundários

Como todos os medicamentos, ANDROGEL pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Efeitos secundários muito frequentes (afetam cerca de 10 em 100 pessoas):

  • Irritação e secura da pele;
  • Acne.

Efeitos secundários frequentes (afetam de 1 a 10 em 100 pessoas):

  • Dores de cabeça;
  • Queda de cabelo;
  • Dores, sensibilidade ou aumento dos seios;
  • Problemas da próstata;
  • Diarreia;
  • Tonturas;
  • Tensão arterial alta;
  • Alterações do humor;
  • Alterações nos valores laboratoriais (aumento do número de glóbulos vermelhos no sangue, lípidos);
  • Sensibilidade cutânea;
  • Prurido;
  • Perda de memória.

No folheto informativo poderá ver um resumo completo de todos os efeitos secundários possíveis. Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se verificar quaisquer efeitos secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Composição

O ingrediente ativo do ANDROGEL é a testosterona.

  • Cada saqueta de 2,5 gr contém 25 mg de testosterona.
  • Cada saqueta de 5 gr contém 50 mg de testosterona.

Os restantes ingredientes são: carbómero 980, miristato de isopropilo, etanol a 96%, hidróxido de sódio, água purificada.

ANDROGEL é fabricado por:

Laboratoires Besins International
13, rue Périer
92120 Montrouge
França

ou

Besins Manufacturing Belgium
Groot Bijgaardenstraat 128
1620 Drogenbos
Bélgica

Folheto informativo

Antes de utilizar, leia o folheto informativo. Poderá descarregar aqui os folhetos informativos oficiais:

Folheto(s) para o paciente

Médicos colaboradores

Conheça a nossa rede de médicos e farmácias registadas na Europa e o nosso Conselho Médico Consultivo independente. Uma vez que temos acesso ao conhecimento médico adequado, podemos servi-lo com segurança e responsabilidade.

Dr. E. Tanase

Médico de clínica geral

Dr. H.K. Benkert

Médico de clínica geral

Dr. P. Mester

Médico de clínica geral
Voltar para o início