Dor

Há diferentes tipos de dor. Como tal, também há diferentes medicamentos para a dor. Esta página fornece mais informações sobre este tópico.

Há diferentes tipos de dor e portanto também há diferentes tipos de analgésicos. Esta categoria contém medicamentos para uma dor de cabeça associada à enxaqueca e AINE (analgésicos, reumatismo, etc.).

1. Dor de cabeça associada à enxaqueca e enxaqueca em salvas: A enxaqueca é um tipo de dor de cabeça que surge sob a forma de ataques recorrentes, muitas vezes acompanhados de náusea, vómitos e sintomas de aura. Os sintomas da enxaqueca incluem uma dor pulsátil, que se sente muitas vezes num dos lados da cabeça e que é agravada com o esforço físico. Em resultado, as dores de cabeça associadas à enxaqueca podem impedir as pessoas que delas sofrem de serem capazes de conseguir realizar mesmo as tarefas mais simples do quotidiano. Os doentes também podem ficar hipersensíveis ao som e à luz. A enxaqueca é muitas vezes desencadeada por alterações hormonais, fadiga, stress, alterações no tempo e, em alguns casos, pelo consumo de medicamentos.

As pessoas que sofrem de enxaqueca muitas vezes sentem um ataque a chegar. Algumas pessoas dão-se conta de uma aura, uma perturbação transitória de tipo visual ou outro, que assinala que a dor de cabeça irá ocorrer em breve.

A enxaqueca em salvas tem também uma origem neurovascular, o que significa que os sintomas estão associados ao mesmo tempo ao sistema nervoso central e aos vasos sanguíneos. Este tipo de enxaqueca também surge em episódios que envolvem dor intensa localizada num dos lados da cabeça, seguida de períodos livres de sintomas.

Tratamento (inespecífico): Ainda que as alterações ao estilo de vida possam ajudar a aliviar os sintomas, geralmente é necessária medicação. Quando um doente sente um ataque a chegar, estes medicamentos podem ser utilizados para prevenir o ataque ou para parar o ataque de enxaqueca depois de este começar. Os ataques ligeiros conseguem tratar-se com paracetamol ou outros analgésicos simples (AINE).

Triptanos, medicação específica para a enxaqueca: Os triptanos são tampões seletivos dos recetores de serotonina, o que significa que os triptanos inibem a transmissão de sinais em determinadas secções nervosas e fazem com que os vasos sanguíneos da cabeça se contraiam. Presentemente, há sete triptanos diferentes disponíveis. Funcionam todos de uma forma ligeiramente diferente e têm efeitos secundários diferentes. A maior parte dos doentes usa os comprimidos, ainda que as injeções atuem mais depressa.
Alguns triptanos estão disponíveis sob a forma de comprimidos que se derretem na boca rapidamente. Esta é uma opção cómoda, uma vez que muitos doentes têm dificuldade em engolir durante um ataque. Os efeitos secundários dos triptanos são ligeiros e não são muito frequentes. Consulte o folheto informativo para mais informações. Se é doente do coração e está a tomar este medicamento pela primeira vez, certifique-se de que o faz sob supervisão médica. Juntamente com o médico, poderá decidir qual o triptano mais adequado para si.

2. Analgésicos antipiréticos: Os analgésicos antipiréticos são utilizados para aliviar a dor ligeira a moderada, ou sintomas de febre. Têm uma vasta gama de aplicações: artrite, gripe, dor de cabeça, dor de dentes, dor menstrual, enxaqueca, sintomas reumáticos, dores musculares e inchaço.
Os analgésicos mais bem conhecidos neste grupo são o paracetamol e o ácido acetilsalicílico (Aspirina).
O paracetamol 500 mg (em forma de comprimido) é o medicamento mais barato de venda livre para a dor.
Recomendamos que consulte um médico se a dor persistir durante mais do que alguns dias.

Os medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINE) também são considerados analgésicos antipiréticos. Os AINE são utilizados sobretudo para os sintomas reumáticos e outras infeções, mas também para os sintomas de dor referidos acima. Os AINE mais bem conhecidos são o diclofenac e o ibuprofeno. O ibuprofeno em doses baixas está disponível em venda livre. No entanto, devido aos efeitos secundários que podem ocorrer, recomendamos que consulte um médico antes de tomar ibuprofeno.

3. Dor: Os opioides, substâncias muitas vezes derivadas da morfina, são utilizados para reduzir a dor moderada a intensa.
A codeína é o mais largamente utilizado, geralmente em combinação com o paracetamol (Paracod). Paracod está disponível em diferentes apresentações.
A codeína também é utilizada para aliviar a tosse seca.