Esomeprazol

Esomeprazol é um medicamento usado para diminuir a acidez do estômago.  Encontra-se disponível na forma de líquido, comprimidos e cápsulas. Mais informações

O seu pedido será analisado por um médico, que prescreverá uma receita se aplicável. A receita é encaminhada para uma farmácia, que lhe enviará o medicamento dentro de 1 a 3 dias úteis. Leia aqui mais informações sobre este processo.

Serviço
Custos do pedido
Serviço – Custos do pedido
Folheto(s) para o paciente

O que é o Esomeprazol? 

Esomeprazol é um medicamento usado para diminuir a acidez do estômago. 

Encontra-se disponível na forma de líquido, comprimidos e cápsulas. Algumas versões também podem ser adquiridas em farmácias sem receita médica. Esomeprazol é usado principalmente para tratar o refluxo gastroesofágico (DRGE), úlceras duodenais e o síndroma de Zollinger-Ellison. 

Como atua Esomeprazol? 

Esomeprazol trata eficazmente o DRGE, inibindo a produção de ácidos digestivos no estômago, reduzindo assim o efeito destes sobre o esófago. 

Como tomar Esomeprazol? 

O comprimido deve ser engolido inteiro com líquido sem ser mastigado ou esmagado. Os pacientes com dificuldade em engolir podem abrir as cápsulas e misturar o conteúdo com cerca de meio copo de água sem gás. Não deve ser usado qualquer outro tipo de líquido para evitar o risco de dissolução do revestimento entérico. O medicamento pode ser tomado com ou sem alimentos.  

Posologia 

A dosagem varia com o motivo da prescrição e o peso do paciente. Tome o medicamento sempre de acordo com as instruções fornecidas pelo seu médico. Uma dose típica para o tratamento da esofagite erosiva por refluxo é a seguinte: 

  • Adultos e adolescentes com mais de 12 anos: 40 mg uma vez por dia durante 4 semanas. Caso os sintomas persistam, é aconselhável continuar o tratamento durante mais 4 semanas. 

Posologia para o tratamento a longo prazo de doentes com esofagite por refluxo ou para a prevenção de recaídas: 

  • Adultos e adolescentes com mais de 12 anos: 20 mg uma vez por dia. 

Deve tomar o medicamento de manhã. Caso se tenha esquecido de tomar uma dose, tome a seguinte assim que se lembrar e continue de seguida com o esquema normal.  

Efeitos secundários 

Como praticamente todos os medicamentos, esomeprazol pode provocar efeitos secundários. A lista seguinte não é uma lista exaustiva de todos os efeitos secundários possíveis. Procure assistência médica se algum dos seguintes sintomas, ou outros, lhe causarem demasiado desconforto.  

Os efeitos secundários frequentes de esomeprazol incluem: 

  • Dor abdominal, obstipação, diarreia, flatulência, náuseas/vómitos, dores de cabeça.  

Efeitos secundários raros:   

  • Boca seca, dermatite, comichão, erupções cutâneas, urticária, fratura da anca, pulso ou coluna vertebral, tonturas, parestesia, sonolência.  

Efeitos secundários muito raros: 

  • Leucopenia, trombocitopenia, estomatite, confusão, depressão, cândida gastrointestinal, alopecia, fotossensibilidade, febre, angioedema, reação/choque anafilático, agressão, alucinações, colite microscópica. 

Quando não é seguro tomar Esomeprazol? 

Esomeprazol não é indicado para todas as pessoas. Não tome esomeprazol se: 

  • Tiver sofrido de problemas hepáticos; 

  • Tiver tido uma reação alérgica a qualquer um dos ingredientes (consultar o rótulo da embalagem para uma lista completa);  

  • Tiver uma endoscopia planeada para breve; 

  • Tiver problemas de absorção da glucose ou sacarose.  

Alguns medicamentos podem interferir com esomeprazol. Comunique sempre ao seu médico ou farmacêutico quais os medicamentos que toma atualmente, incluindo mesmo medicamentos de venda livre ou de ervanária, particularmente o hipericão. 

Gravidez / Amamentação / Condução / Álcool  

O uso de esomeprazol não é recomendado durante a gravidez e a amamentação, uma vez que não há evidências de que seja seguro e existem outras alternativas que poderá tentar.  

Poderá consumir álcool enquanto estiver a tomar esomeprazol, mas deve estar ciente de que o álcool pode irritar o revestimento do estômago, podendo assim aumentar os sintomas.  

Não existem contraindicações relativamente à condução durante a tomada de esomeprazol.