Para mulheres Terapia de Substituição Hormonal mulher madura com cachecol vermelho
  • Para as mulheres
  • Terapêutica hormonal de substituição (THS)

Terapia de Substituição Hormonal (TSH)

Na pré-menopausa, a produção de estrogénio nos ovários das mulheres diminui. Isso pode causar muitos tipos de queixas, como afrontamentos, transpiração, cansaço, alterações de humor e apatia.

Tratamentos

Todos os tratamentos
  • Todos os tratamentos
  • Só com receita médica
  • Só sem receita médica
Relevância
  • Relevância
  • Nome A-Z
  • Nome Z-A
  • Preço baixo-alto
  • Preço alto-baixo

Dependendo da gravidade dos sintomas, poderão ser receitados medicamentos hormonais. Esta chamada terapia hormonal de substituição (THS) tem por finalidade a reposição dos níveis de estrogénio, que faz com que as queixas desapareçam ou diminuam. É aconselhável iniciar o tratamento no início da menopausa. A terapia hormonal também pode ter algumas desvantagens, por isso é necessário analisar cuidadosamente os benefícios e os riscos que a terapia implica, de forma a fazer uma escolha informada, que melhor se adapte a si.

O que é a terapia hormonal de substituição?

A terapia hormonal de substituição (THS) trata-se da reposição de hormonas durante a (pré-)menopausa com o objetivo de diminuir os sintomas relacionados com a mesma.

Como reconhecer a pré-menopausa?

Após os quarenta anos, o seu ciclo menstrual pode começar a alterar-se, o que indica que se encontra no estádio inicial da pré-menopausa. Os períodos entre a menstruação podem ser mais curtos ou mais longos, a menstruação pode durar mais ou menos tempo que anteriormente, poderá ser mais intensa e com coágulos sanguíneos. As queixas mais comuns nesta fase são os afrontamentos, a transpiração e os rubores intensos e repentinos, podendo também acordar a meio da noite encharcada em suor. Poderá também ter outros sintomas, como dores de cabeça ou dores abdominais, para além de se sentir emocionalmente instável. Poderá também ter problemas de concentração, enxaquecas, pele e olhos secos e infeções urinárias. Os problemas vaginais como a secura são também frequentes, o que pode tornar as relações sexuais dolorosas. Além disso, poderá também sentir diminuição da libido (desejo sexual).

Quais os motivos para fazer terapia hormonal de substituição?

Os motivos para a terapia hormonal de substituição são as queixas que as mulheres sentem durante a (pré-)menopausa. A pré-menopausa tem início normalmente entre os 45 e os 55 anos. Pré-menopausa e menopausa são termos muitas vezes usados como sinónimos, mas a menopausa trata-se, de facto, da última menstruação. A transição para a menopausa dura em média 7 a 10 anos e durante este período a produção de estrogénio e progesterona, as hormonas sexuais, diminui. Desta forma, os períodos menstruais podem surgir mais frequentemente ou durar mais e podem também conter coágulos. Neste período poderão ocorrer muitos sintomas que variam muito de mulher para mulher. As queixas mais comuns são os afrontamentos, transpiração e palpitações. Além disso, poderá sentir alterações de humor e cansaço.

A diminuição dos níveis de estrogénio é a principal causa destes sintomas, por isso, poderá optar-se pela terapia hormonal de substituição (THS) para suplementar os níveis de estrogénio.

O que é possível fazer em relação aos problemas da pré-menopausa?

A menopausa é um processo natural. A menstruação tem uma fase de início e tem igualmente uma fase final sobre as quais não temos qualquer influência. No entanto, é possível atenuar os sintomas que as acompanham.

  • Mantenha um estilo de vida saudável, coma alimentos saudáveis ​​e variados, ricos em ferro, como vegetais folhosos e frutos secos.
  • Faça bastante exercício, no mínimo meia hora por dia, e durma o suficiente. Pratique um estilo de vida regular.
  • Evite ou consuma menos café e álcool, bem como alimentos condimentados.
  • Adapte o seu vestuário em caso de transpiração excessiva e prefira a roupa de algodão. Use também diversas camadas para poder despir alguma em caso de afrontamentos. Prefira também pijamas e lençóis de algodão.
  • Em caso de problemas vaginais, poderá considerar a utilização de lubrificante e preliminares mais longos. Discuta isto com o seu companheiro. Fale das suas dúvidas com uma boa amiga ou com o seu médico.

Tenha em mente que a menopausa é um processo natural que pode causar queixas diferentes para cada pessoa e que é normal sentir-se insegura quanto a isso.

Que tratamentos existem?

Medicamentos

Existem diversas variantes de terapia hormonal que podem ser prescritas pelo seu médico. Alguns exemplos:

  • Estrogénios (monotratamento); estas hormonas contêm estradiol e são indicadas para mulheres que já não têm útero. Estão disponíveis sob a forma de spray nasal, comprimidos para implante, selos e para inserção vaginal (os comprimidos são inseridos na vagina com um aplicador). Existe também estriol para aplicação vaginal e uma forma oral de estriol e estradiol (por via oral).
  • Estrogénios e progestagénios; estas hormonas são indicadas para mulheres que ainda têm útero. Os progestagénios impedem o crescimento excessivo do endométrio sob a influência dos estrogénios.
  • As mulheres que desejam usar contraceção podem optar por uma pílula contracetiva com preparação combinada. Se tiver um DIU hormonal, poderá combiná-lo com um monotratamento de estrogénio.
  • Tibolona; este fármaco só tem um efeito benéfico sobre os afrontamentos e transpiração excessiva. Este medicamento não é receitado muito frequentemente devido a um maior risco de cancro do útero e da mama.

Tratamentos alternativos

Existem tratamentos alternativos para a menopausa, mas não existe terapia hormonal alternativa. No entanto, existem substâncias vegetais que se assemelham aos estrogénios, os fitoestrogénios; estes não funcionam igualmente bem para todas as utilizadoras.

Mudanças de estilo de vida

Se fizer terapia hormonal de substituição, é aconselhável manter um estilo de vida saudável e regular. Repouse o suficiente. Modere o consumo de álcool. Deixe de fumar. Faça uma dieta variada. Combata o excesso de peso. Movimente-se o suficiente.

Perguntas Frequentes

O que é a TRH?

A Terapia de Reposição Hormonal (TRH) é a reposição de hormonas durante a menopausa com o objetivo de diminuir os sintomas relacionados com a mesma.

Que tipos de terapia de reposição hormonal existem?

As hormonas podem ser tomadas por via oral (pela boca) sob a forma de comprimidos ou cápsulas. Também podem ser administradas através da pele com um creme ou emplastro, ou com comprimidos inseridos por via vaginal.

Voltar para o início