Directly go to the content
Cotrimoxazol

Cotrimoxazol

Cotrimoxazol combate as infeções bacterianas. O medicamento consiste de dois antibióticos diferentes (sulfametoxazol e trimetoprima) que se reforçam reciprocamente. O cotrimoxazol atua contra diversos tipos de bactérias. Este fármaco é também indicado para crianças.

Cotrimoxazol combate as infeções bacterianas. O medicamento consiste de dois antibióticos diferentes (sulfametoxazol e trimetoprima) que se reforçam reciprocamente. O cotrimoxazol atua contra diversos tipos de bactérias. Este fármaco é também indicado para crianças. 

O que é o cotrimoxazol?

O cotrimoxazol pertence aos antibióticos de amplo espectro; medicamentos que eliminam vários tipos de bactérias. As substâncias ativas deste medicamento são o sulfametoxazol e o trimetoprim. A combinação destes antibióticos é muito eficaz pelo que o cotrimoxazol pode ser usado para tratar e prevenir diversas infeções bacterianas.  

Quando deve ser utilizado cotrimoxazol?

Cotrimoxazol é receitado para o combate a diversas infeções bacterianas, como por exemplo: 

  • Infeções do trato respiratório, como bronquite aguda, pneumonia, infeção do ouvido médio e infeção sinusal;  

  • Infeções do trato urinário (cistite, doença inflamatória pélvica renal, inflamação da próstata); 

  • Fibrose cística; 

  • Febre Q; 

  • Algumas doenças sexualmente transmissíveis, como a gonorreia; 

  • Algumas infeções do trato gastrointestinal, como infeção por salmonela; 

  • Para tratamento e prevenção da pneumocistose (um tipo de pneumonia). 

As substâncias ativas de cotrimoxazol são absorvidas para o sangue e são transportadas através da corrente sanguínea para os tecidos inflamados. O cotrimoxazol elimina as bactérias patogénicas presentes, permitindo assim aliviar sintomas como dores, febre e mal-estar geral. Após alguns dias, o doente sente-se melhor. 

Como deve ser utilizado cotrimoxazol?

Tome sempre este medicamento de acordo com as instruções de um médico. As diretrizes gerais para a utilização de cotrimoxazol são as seguintes: 

  • Tome os comprimidos durante ou imediatamente a seguir à refeição com um pouco de líquido. 

  • Se tiver de tomar o medicamento várias vezes ao dia, distribua a toma o máximo possível ao longo do dia. 

  • Termine sempre o tratamento, mesmo que se sinta melhor antes de terminar. Se não tomar todos os comprimidos prescritos, as bactérias podem permanecer no organismo e poderá voltar a adoecer. 

  • Se se tiver esquecido de tomar uma dose de cotrimoxazol, poderá tomá-la assim que se lembrar, a menos que sejam quase horas de tomar a dose seguinte. Nunca tome uma dose dupla para compensar a dose que se esqueceu de tomar. 

No folheto informativo, encontrará mais informações sobre a administração deste medicamento. 

O medicamento está disponível em que dosagens?

Os comprimidos de cotrimoxazol estão disponíveis nas seguintes dosagens: 

  • 120 mg (100 mg de sulfametoxazol e 20 mg de trimetoprim por comprimido) 

  • 480 mg (400 mg de sulfametoxazol e 80 mg de trimetoprim por comprimido) 

  • 960 mg (800 mg de sulfametoxazol e 160 mg de trimetoprim por comprimido) 

A dosagem depende da infeção a tratar. A dosagem indicada para cada caso e a duração do tratamento são definidas pelo médico. As diretrizes gerais de dosagem em caso de infeções bacterianas são as seguintes: 

  • Adultos e jovens a partir dos 12 anos:  

  • 2 comprimidos de 480 mg duas vezes por dia ou 1 comprimido de 960 mg duas vezes por dia  

  • As crianças com menos de 12 anos podem tomar 18 mg por quilograma de peso corporal, duas vezes por dia. Isto corresponde às seguintes dosagens padrão: 

  • crianças dos 6 anos aos 12 anos de idade: 480 mg duas vezes ao dia 

  • crianças dos 6 meses aos 6 anos de idade: 240 mg duas vezes ao dia 

  • crianças de 6 semanas a 6 meses: 120 mg duas vezes ao dia 

O médico poderá aumentar ou diminuir a dose ao longo do tempo. Para as crianças que não conseguem deglutir os comprimidos, o médico poderá prescrever uma suspensão (solução oral). Para adultos com insuficiência renal poderá ser receitada uma dose ajustada. 

No folheto informativo, encontrará mais informações sobre a dosagem de cotrimoxazol. 

Quais são os efeitos secundários de cotrimoxazol?

Durante o tratamento com antibiótico poderá observar efeitos secundários, tais como: 

  • Problemas gástricos e intestinais, como falta de apetite, náuseas, vómitos, dores abdominais e/ou diarreia. Poderá reduzir essas queixas tomando o medicamento imediatamente após uma refeição. Consulte um médico se verificar efeitos como diarreia aguda; 

  • Candidíase oral; 

  • Infeções vaginais causadas por fungos; 

  • Dores de cabeça. 

No folheto informativo poderá ver um resumo completo de todos os efeitos secundários de cotrimoxazol. Consulte um médico se verificar efeitos secundários graves ou prolongados, ou se verificar efeitos secundários não mencionados no folheto informativo. 

Quando não se deve usar cotrimoxazol?

Cotrimoxazol não é um medicamento indicado para todos. Por exemplo, não poderá usar este antibiótico se: 

  • Tiver hipersensibilidade às substâncias ativas sulfametoxazol, trimetoprim ou a qualquer um dos excipientes do medicamento; 

  • Se sofrer de patologia hepática ou renal grave; 

  • Sofrer de certas patologias hematológicas. 

Além disso, existem muitas situações às quais deve estar atento se desejar iniciar o tratamento com cotrimoxazol. Por exemplo, se: 

  • Tiver idade avançada. Neste caso podem ocorrer efeitos secundários mais facilmente e estes podem ser também mais graves; 

  • Tiver de tomar o medicamento durante um período prolongado. Isto aumenta o risco de cálculos renais. De forma a ajudar a prevenir a formação de cálculos renais deve beber líquidos suficientes (pelo menos 1,5 litro por dia); 

  • Sofrer de diabetes e tiver hipersensibilidade a alguns agentes redutores de açúcar no sangue (sulfonilureia) ou a derivados do ácido aminobenzóico; 

  • Sofrer de patologias da tiroide; 

  • Já tiver tido baixos valores de plaquetas no sangue (trombocitopenia) devido à utilização de diuréticos ou sulfonamidas. 

No folheto informativo encontrará uma lista completa de todas as situações em que não deve tomar cotrimoxazol ou em que apenas o deve fazer desde que tome cuidados especiais. Consulte um médico se alguma destas advertências se aplicar ao seu caso. 

Gravidez e aleitamento

Se estiver grávida não deve tomar cotrimoxazol. Em qualquer caso, não deve tomar o medicamento durante os últimos seis meses de gravidez. Se tomar o medicamento durante os primeiros três meses de gravidez, deve também tomar ácido fólico. 

Se estiver a amamentar, apenas deve tomar o medicamento de acordo com o conselho de um médico. 

Cotrimoxazol pode ser usado em combinação com outros medicamentos?

Cotrimoxazol pode interagir com outros medicamentos. Isto pode aumentar a possibilidade de ocorrência de efeitos secundários e os medicamentos podem ter uma ação mais forte ou mais fraca. Pode ocorrer uma interação se tomar cotrimoxazol com os seguintes medicamentos, entre outros: 

  • Metotrexato (um medicamento para tratamento de cancro, reumatismo e doença de Crohn, entre outros); 

  • Diversos medicamentos para a epilepsia; 

  • Diversos medicamentos para o VIH; 

  • Diversos anticoagulantes (acenocumarol, fenprocumon); 

  • Diversos medicamentos para patologias cardíacas (incluindo losartan, digoxina e procainamida); 

  • Ciclosporina; 

  • Diclofenaco; 

  • Medicamentos para tratamento da febre tifoide. 

No folheto informativo, encontrará uma lista completa dos medicamentos que interagem com cotrimoxazol. Se estiver a tomar qualquer um destes medicamentos, consulte um médico ou farmacêutico para saber se poderá tomar cotrimoxazol. 

Onde posso comprar cotrimoxazol?

Cotrimoxazol está disponível apenas em farmácias (online). 

Posso comprar cotrimoxazol sem receita médica?

O antibiótico cotrimoxazol só pode ser adquirido com receita médica. Um médico poderá eventualmente passar uma receita de cotrimoxazol após uma consulta online. 

Referência da fonte

Instituto para a Avaliação de Medicamentos. (2020, maio). Cotrimoxazol Teva 100/20 mg, comprimidos – Folheto informativo. Banco de informação sobre medicamentos. Consultado a 27 de julho de 2020, em https://www.geneesmiddeleninformatiebank.nl/ords/f?p=111:3::SEARCH:NO::P0_DOMAIN,P0_LANG,P3_RVG1:H,NL,09714

KNMP. (2018, 8 de agosto). Cotrimoxazol. Apotheek.nl. Consultado a 27 de julho de 2020, em https://www.apotheek.nl/medicijnen/trimethoprim-met-sulfamethoxazol?product=co-trimoxazol

Centro Neerlandês de Estudos de Farmacoterapia em Crianças (NKFK). (sem data). Cotrimoxazol (sulfametoxazol + trimetoprim). Kinderformularium.nl. Consultado a 27 de julho de 2020, em https://www.kinderformularium.nl/geneesmiddel/314/cotrimoxazol-sulfamethoxazol-trimethoprim

Solvo. (sem data). Que tipos de antibióticos existem? – Dossier sobre atuação e efeitos secundários dos antibióticos nas infecções bacterianas. Ziekenhuis.nl. Consultado a 27 de julho de 2020, em https://www.ziekenhuis.nl/dossiers/werking-en-bijwerkingen-van-antibiotica-bij-bacteriele-infecties/soorten-antibiotica/item29426

Instituto Neerlandês da Saúde. (sem data). Cotrimoxazol. FK Online. Consultado a 27 de julho de 2020, em https://www.farmacotherapeutischkompas.nl/bladeren/preparaatteksten/c/cotrimoxazo