Vagifem

Vagifem comprimidos vaginais contém o componente ativo estradiol, que é uma forma de ocorrência natural na principal hormona feminina, o estrogénio. Vagifem é um preparado para terapêutica hormonal de substituição (THS) que é utilizado nas mulheres menopáusicas. Mais informações

O seu pedido será analisado por um médico, que prescreverá uma receita se aplicável. A receita é encaminhada para uma farmácia, que lhe enviará o medicamento dentro de 1 a 3 dias úteis. Leia aqui mais informações sobre este processo.

Serviço
Custos do pedido
Serviço – Custos do pedido
Folheto(s) para o paciente

O que é Vagifem?

Vagifem comprimidos vaginais contém o componente ativo estradiol, que é uma forma de ocorrência natural na principal hormona feminina, o estrogénio. Vagifem é um preparado para terapêutica hormonal de substituição (THS) que é utilizado nas mulheres menopáusicas. Vagifem comprimidos vaginais liberta pequenas quantidades de estrogénio localmente, nos tecidos vaginais, e é utilizado para proporcionar alívio dos sintomas vaginais na menopausa. Vagifem é um medicamento sujeito a receita médica.

Para que é utilizado Vagifem?

A perda de estrogénio no organismo devido à menopausa pode levar a uma diminuição da espessura das paredes vaginais o que, por sua vez, pode levar a sintomas desconfortáveis como por exemplo:

  • Secura vaginal;
  • Comichão, dor ou irritação na vagina;
  • Dor ou perda de sangue durante o sexo;
  • Aumento da suscetibilidade a infeções fúngicas vaginais;
  • Aumento da suscetibilidade a infeções urinárias;

Vagifem estabiliza os níveis de estrogénio fornecendo estrogénio adicional ao organismo. Isto aumenta a espessura dos tecidos vaginais e reduz os sintomas da menopausa.

Como utilizar Vagifem

Vagifem é apresentado em aplicadores descartáveis pré-cheios. Retire o aplicador da embalagem e introduza-o na vagina segundo as instruções do folheto informativo. Para libertar o comprimido, prima cuidadosamente o botão até sentir um clique. Retire o aplicador e deite-o fora. Os comprimidos vaginais podem ser introduzidos a qualquer hora do dia. O comprimido irá aderir à parede da vagina e não vai cair ao andar nem quando está de pé. O tratamento com Vagifem deve começar com um comprimido vaginal uma vez por dia. Assim que os sintomas melhorarem, utiliza-se um comprimido duas vezes por semana para manutenção. A utilização de Vagifem deve ser revista por um médico passados três meses, para ver se continua a ser necessário.

Posologia

Salvo indicação em contrário por um médico, a dose habitual em mulheres adultas é a seguinte:

  • Introduza um comprimido na vagina uma vez por dia durante duas semanas. Depois deverá introduzir um comprimido duas vezes por semana (a cada três ou quatro dias).

Não ultrapasse a dose recomendada e leia atentamente o folheto informativo antes de utilizar.

Efeitos secundários

Vagifem pode causar efeitos secundários, incluindo:

  • Dor de cabeça;
  • Dor abdominal;
  • Comichão ou irritação vaginal;
  • Sangramento inesperado ou corrimento vaginal.

Consulte um médico se os efeitos secundários forem intensos ou persistentes. Para ver uma lista completa dos possíveis efeitos secundários, consulte o folheto informativo. O folheto informativo também irá dizer-lhe que todas as mulheres a utilizar THS têm um risco ligeiramente aumentado de efeitos secundários graves, como por exemplo cancro e trombose, em comparação com as mulheres que não utilizam THS.

Quando não utilizar Vagifem

Vagifem comprimidos vaginais não é adequado para todas as pessoas e não deve ser utilizado se:

  • Tem alergia ao estradiol ou a qualquer outro componente deste medicamento;
  • Tem cancro da mama ativo ou outro cancro relacionado com hormonas, ou antecedentes dos mesmos;
  • Tem um coágulo sanguíneo numa veia (trombose) ou nos pulmões (embolia pulmonar) ou antecedentes ou risco dos mesmos;
  • Tem sangramento vaginal de causa desconhecida ou um aumento excessivo do revestimento do útero (hiperplasia do endométrio);
  • Tem uma doença do sangue ou do fígado.

Consulte um médico sobre a utilização de Vagifem caso tenha um quadro clínico que não esteja referido acima. Vagifem pode interagir com outros medicamentos. Por isso é importante dizer ao médico quais os medicamentos que está a tomar quando encomendar.

Gravidez/capacidade para conduzir/álcool

As mulheres que ainda estão em idade fértil não devem utilizar Vagifem se estiverem grávidas ou a amamentar.

Este medicamento não interage com o álcool nem afeta a sua capacidade de conduzir em segurança.