Levitra

Levitra é um medicamento utilizado para tratar a disfunção erétil (DE) nos homens, ou impotência masculina. Atua relaxando os músculos das paredes dos vasos sanguíneos e permitindo um fluxo sanguíneo aumentado em determinadas partes do corpo, neste caso o pénis. Mais informações

O seu pedido será analisado por um médico, que prescreverá uma receita se aplicável. A receita é encaminhada para uma farmácia, que lhe enviará o medicamento dentro de 1 a 3 dias úteis. Leia aqui mais informações sobre este processo.

Serviço
Custos do pedido
Serviço – Custos do pedido
Folheto(s) para o paciente

O que é Levitra?

Levitra é um medicamento utilizado para tratar a disfunção erétil (DE) nos homens, ou impotência masculina. Atua relaxando os músculos das paredes dos vasos sanguíneos e permitindo um fluxo sanguíneo aumentado em determinadas partes do corpo, neste caso o pénis. Esta é a sua principal utilização, embora também possa ser tomado por outros motivos aqui não mencionados. Continue a ler para ficar a saber mais sobre a utilização de Levitra para o tratamento da DE.

Quando se utiliza Levitra?

Deve notar-se que Levitra é utilizado sobretudo para o tratamento da disfunção erétil, e que não confere proteção contra quaisquer doenças sexualmente transmissíveis. Não irá promover ereções instantâneas, mas é utilizado como um auxiliar para as relações sexuais normais, aumentando a excitação sexual ao permitir que o pénis mantenha a ereção durante mais tempo. Os homens que tenham dificuldade em obter uma ereção ou em mantê-la durante o tempo necessário muitas vezes têm problemas no relacionamento e depressões, e é para essas pessoas que Levitra é mais útil.

Se estiver a tomar Levitra, não deve tomar nenhum outro dos muitos medicamentos existentes para tratar a impotência ao mesmo tempo. Tenha em mente que embora o álcool esteja muitas vezes envolvido na criação do cenário para a atividade sexual, pode aumentar a probabilidade de ter um ou mais dos efeitos secundários possíveis de tomar o medicamento.

Como utilizar Levitra

Levitra é tomado por via oral e segundo as instruções. Tome como e quando necessário, e não como um medicamento habitual. Pode tomá-lo com ou sem alimentos cerca de uma hora antes de iniciar qualquer atividade sexual, mas não deve tomar-se mais de uma vez por dia e as doses individuais devem manter-se com pelo menos 24 horas de intervalo sempre que possível.

Tal como acontece com muitos medicamentos deste tipo, a posologia particular de Levitra irá basear-se no seu quadro clínico e na sua resposta ao tratamento. Outros medicamentos que possa estar a tomar também serão tidos em consideração ao decidir qual a posologia correta.

Posologia

A posologia habitual é de 10 mg, tomado por via oral como e quando necessário, o que pode ser aumentado para 20 mg ou reduzido para 5 mg dependendo da eficácia e da tolerância individual, após consulta com um profissional de saúde. A posologia máxima que pode tomar de Levitra é de 20 mg por dia. Os doentes que estejam presentemente a tomar bloqueadores alfa começam com 5 mg. Nos homens de idade igual ou superior a 65 anos, a posologia inicial será novamente de 5 mg uma vez por dia, tomado uma hora antes do início da atividade sexual.

Efeitos secundários

Tal como acontece com outros medicamentos utilizados para tratar a DE nos homens (como por exemplo o Viagra), Levitra pode ter efeitos secundários, como por exemplo reações alérgicas, incluindo:

  • Urticária
  • Dificuldade em respirar
  • Inchaço da garganta, rosto e lábios.

Se tiver uma perda súbita de visão, sentir um formigueiro forte na área do peito ou sofrer de náusea ou transpiração em resultado de tomar o medicamento, informe imediatamente o seu médico.

Outros efeitos secundários (intensos e ligeiros) podem incluir:

  • Batimento cardíaco irregular
  • Falta de ar
  • Transpiração em excesso
  • Ereção dolorosa e de longa duração
  • Nariz congestionado
  • Rubor
  • Perturbações abdominais
  • Dores de cabeça ligeiras
  • Dores nas costas.

Se tiver algum destes sintomas, deve consultar o seu médico imediatamente.

Contraindicações

Determinados outros medicamentos, quando tomados com Levitra, podem levar a uma queda súbita na pressão arterial, o que pode ser perigoso. Se estiver presentemente a tomar um medicamento à base de nitrato, como amil nitrato, ou “poppers” de nitrato, por exemplo, evite tomar também Levitra. Os medicamentos com nitrato são muitas vezes receitados para aliviar problemas do coração e do peito, pelo que terá de conversar com o seu médico sobre conflitos potencialmente perigosos antes de considerar tomar Levitra.

Em particular, evite tomar Levitra se também estiver a tomar um medicamento semelhante, como Stendra, Viagra ou Cialis, que são utilizados para tratar a hipertensão arterial pulmonar. Uma vez que muitos destes medicamentos têm nomes comerciais alternativos, é importante procurar auxílio médico se estiver tomar qualquer medicamento antes de começar a utilizar Levitra em qualquer dosagem.

Se estiver presentemente a tomar um antibiótico, um medicamento antifúngico, ou estiver a ser tratado para o ritmo cardíaco irregular, pressão arterial elevada ou VIH/SIDA, terá igualmente de estar particularmente ciente dos conflitos potencialmente graves ao tomar também Levitra.

Utilização durante a gravidez, ao conduzir ou com álcool

Levitra não é utilizado para tratar doentes do sexo feminino, sendo sobretudo para o tratamento do quadro clínico de disfunção erétil nos homens, também conhecida como impotência masculina.

Beber quantidades sensatas de álcool ao mesmo tempo que está a tomar Levitra não deverá ter efeitos adversos. Se sentir quaisquer tonturas, evite conduzir, mas caso contrário também essa atividade é perfeitamente segura. Consulte o seu médico se tiver qualquer dúvida.

Ao tomar Levitra, evite também beber sumo de toranja, salvo indicação em contrário do seu médico, uma vez que se sabe que aumenta o risco de ter efeitos secundários.