Dores dores de cabeça pessoas em festa mulher a rir
  • Dores de cabeça

Dores de cabeça

Existem diversas formas de dores de cabeça. As dores de cabeça geralmente duram pouco tempo, mas as crises de enxaqueca também podem durar alguns dias. A causa das dores de cabeça é quase sempre inofensiva.

Tratamentos

Todos os tratamentos
  • Todos os tratamentos
  • Só com receita médica
  • Só sem receita médica
Relevância
  • Relevância
  • Nome A-Z
  • Nome Z-A
  • Preço baixo-alto
  • Preço alto-baixo

  1. 1
    É você quem escolhe o seu tratamento

    Conheça as possibilidades e escolha o tratamento que mais lhe convier.

  2. 2
    Nós fornecemos-lhe a assistência necessária

    Um médico analisará o seu questionário médico e enviará a sua receita para uma das farmácias afiliadas.

  3. 3
    Entregas ao domicílio sem complicações

    Receberá a encomenda em sua casa de forma rápida e cómoda.

Leia mais

O que são dores de cabeça?

As dores de cabeça são comuns, mas geralmente não são graves e, na maioria dos casos, não são indicação de qualquer doença grave. Existem diferentes tipos de dores de cabeça: em ambos os lados da cabeça, num ponto específico, dor latejante ou lancinante. Isto pode variar de pessoa para pessoa e mesmo de dia para dia.

Quais são as causas das dores de cabeça?

Existem diferentes tipos de dores de cabeça com diferentes causas. Por exemplo, a causa das dores de cabeça tensionais não é clara e, apesar do nome, nem sempre são causadas por tensão. As enxaquecas são causadas por uma estimulação dos nervos, que provoca o alargamento dos vasos sanguíneos na cabeça. Isso é doloroso e provoca a ativação de mais nervos.

No entanto, as causas das enxaquecas não são claras. Sabe-se que as hormonas femininas afetam a gravidade das enxaquecas; muitas mulheres sofrem de enxaquecas sempre que menstruam. A pílula contracetiva pode também piorar ou melhorar os episódios de enxaqueca. As mulheres grávidas costumam sofrer menos de enxaquecas. Um estilo de vida irregular, como dormir muito ou muito pouco, comer pouco ou beber pouca água e o stress também podem desencadear uma enxaqueca.

Por fim, certos alimentos podem também desencadear um episódio de enxaqueca. Os sulfitos no vinho, a comida asiática ou fast-food (que normalmente contém ácido glutâmico, um intensificador de sabor), os nitratos e o aspartame nos refrigerantes light são alguns exemplos. A causa das cefaleias em salva (cluster headache) é desconhecida e normalmente as pessoas que sofrem deste tipo de dor de cabeça são encaminhadas para um neurologista para tratamento. Finalmente, a causa das dores de cabeça induzidas por medicamentos é o consumo de analgésicos em demasia, como o nome indica. Se tomar demasiados analgésicos quando tiver dores de cabeça, isso pode causar ainda mais dores de cabeça.

Que tipos de dor de cabeça existem?

Em geral, é feita uma distinção entre os seguintes tipos de dor de cabeça:

  • Cefaleia tensional;
  • Enxaquecas;
  • Cefaleia em salva;
  • Dores de cabeça induzidas por medicamentos.

Cefaleia tensional

A cefaleia tensional ocorre geralmente em ambos os lados da cabeça, e provoca uma dor como se o paciente tivesse uma faixa a apertar-lhe a cabeça. Trata-se de uma dor de cabeça latejante e o paciente pode ter menos apetite, mas não tem náuseas. A dor começa gradualmente e desaparece por si só, e pode ter uma duração de alguns minutos a alguns dias. O pescoço e os ombros também podem ficar estar tensos e a luz e o som são mal tolerados. A dor não piora com os esforços e as pessoas normalmente conseguem fazer as suas atividades diárias.

Enxaquecas

A enxaqueca é uma forma de dor de cabeça que ocorre normalmente em episódios graves. Um episódio pode durar desde algumas horas até três dias. A dor começa de repente, geralmente apenas de um lado da cabeça. A dor é lancinante ou latejante e piora com o esforço. Os pacientes normalmente preferem deitar-se na cama. Além disso, muitas pessoas que sofrem de enxaquecas também têm náuseas e vómitos e não toleram bem a luz brilhante nem o ruído.

Também é possível a ocorrência de diarreia. As enxaquecas são causadas por uma estimulação dos nervos, que provoca o alargamento dos vasos sanguíneos na cabeça. Isso é doloroso e provoca a ativação de mais nervos. No entanto, as causas das enxaquecas não são claras. Nas mulheres, as enxaquecas têm muitas vezes a ver com o equilíbrio hormonal e por vezes são causadas por um estilo de vida irregular ou por comer ou beber determinados ingredientes.

Existem ainda duas outras formas de enxaqueca: enxaqueca com aura e enxaqueca de equilíbrio. No caso da enxaqueca com aura, os pacientes veem um ponto de luz cerca de meia hora antes do início da dor de cabeça. Este ponto colorido aumenta lentamente e desaparece depois gradualmente. Também é possível que um dos lados do rosto esteja menos sensível ou com sensação de formigamento. Muitas vezes, a enxaqueca com aura pode ser pressentida antecipadamente. Um episódio dura geralmente cerca de um a três dias.

No caso da enxaqueca de equilíbrio, também chamada enxaqueca vestibular, os pacientes sentem tonturas, para além da enxaqueca. O paciente sente também náuseas frequentemente, sendo que isto ocorre principalmente em pessoas que têm enxaquecas mais frequentemente. Os episódios ocorrem geralmente de forma repentina e sem motivo, mas também podem ser desencadeados por certos movimentos da cabeça. Também com esta forma de enxaqueca, os ruídos leves e altos são mal tolerados e os pacientes sentem uma dor de cabeça latejante de um dos lados, que piora com o esforço físico. Também é possível que a visão seja afetada temporariamente.

Cefaleia em salva

As cefaleias em salva são também uma forma grave de dor de cabeça que ocorre de um lado da cabeça, geralmente por volta da órbita ocular. Os olhos também podem ficar vermelhos, lacrimejantes e inchados. As cefaleias em salva são bastante raras e os episódios ocorrem em períodos de semanas a meses. Em geral, os homens são mais propensos a sofrer deste tipo de enxaqueca do que as mulheres. Um episódio pode durar desde alguns minutos a 3 horas e podem ocorrer vários por dia. Na maioria dos casos, no entanto, as cefaleias em salva ocorrem à noite.

Algumas pessoas sofrem de cefaleias em salva crónicas, mas geralmente têm menos episódios à medida que a idade avança. A causa das cefaleias em salva (cluster headache) é desconhecida e normalmente as pessoas que sofrem deste tipo de dor de cabeça são encaminhadas para um neurologista para tratamento.

Dores de cabeça induzidas por medicamentos

Por fim, existe ainda a cefaleia induzida por medicamentos. Se tomar muitos analgésicos quando tiver dores de cabeça, isso pode agravar ainda mais as dores de cabeça. O tipo de dor de cabeça que surge então pode ser diferente e mais grave. Por exemplo, poderá ter mais episódios de enxaquecas ou sofrer mais de dores de cabeça tensionais se tomar analgésicos com muita frequência.

Se costuma ter dores de cabeça fortes, provavelmente tomará analgésicos regularmente. Ou toma um analgésico para evitar determinados tipos de dores de cabeça. Se o fizer durante meses a fio, o efeito é contra produtivo. A única solução para deixar de ter essas dores de cabeça é deixar de tomar analgésicos. No início, a dor de cabeça pode aumentar porque o seu organismo já não está acostumado a isto. Mas após algum tempo verificará que a dor de cabeça desaparece gradualmente.

Como reconhecer as dores de cabeça?

As dores de cabeça podem assumir diferentes formas, mas são frequentemente acompanhadas dos seguintes sintomas:

  • Dor latejante na cabeça;
  • Dor em pontada na cabeça;
  • Dor latejante de um lado da cabeça;
  • Ver um ponto luminoso;
  • Dor por volta dos olhos;
  • Incapacidade de tolerar luzes brilhantes e ruídos;
  • Falta de apetite;
  • Náuseas;
  • Agravamento da dor com esforço;
  • Mau-estar geral.

O que é possível fazer contra as dores de cabeça?

A tensão e o stress nem sempre são a causa de uma dor de cabeça tensional, mas podem fazer com que a dor de cabeça dure mais tempo. Um estilo de vida saudável e sem stress pode por isso contribuir para diminuir as dores de cabeça tensionais. Poderá pensar em fazer exercício, praticar uma alimentação saudável, apanhar ar, relaxar e dormir o suficiente, mas não em excesso.

Deve também manter o equilíbrio emocional, conversando sobre quaisquer problemas ou questões delicadas com os seus entes queridos e tentando resolver os problemas que o preocupam. Notará que isso contribui para relaxar. Deve também prestar atenção à sua postura durante o dia, mantenha as costas direitas e evite tensões no pescoço e nos ombros. Se verificar que essas zonas estão tensas poderá massajá-las. Por fim, é também importante praticar exercício suficiente; tente movimentar-se pelo menos meia hora por dia, mesmo que não sofra de dores de cabeça.

Se sofrer de enxaquecas, a melhor opção é aceitar a situação. Deve procurar descansar de imediato para evitar que os sintomas piorem. Tome também um medicamento de imediato. As cefaleias em salva podem ser desencadeadas por diversos fatores, como o álcool, certos medicamentos, viagens aéreas de longo curso e permanência em grandes altitudes. Tente evitar esses fatores se costuma sofrer de cefaleias em salva. Por fim, a única solução para evitar as dores de cabeça induzidas por medicamentos é deixar de tomar analgésicos.

Que tratamentos existem?

As dores de cabeça tensionais podem ser tratadas com analgésicos normais, como o paracetamol. No entanto, tente não tomar paracetamol para evitar as dores de cabeça.

No que diz respeito às enxaquecas, existem três medicamentos que podem aliviar a dor: um analgésico normal como o paracetamol, os chamados AINEs como o ibuprofeno e o naproxeno e triptanos, como zolmitriptano, naratriptano ou sumatriptano. Além disso, existem medicamentos anti-náusea, como domperidona e metoclopramida. A primeira escolha é o paracetamol em dose alta, ou seja, 1000 mg. Se notar que este medicamento não tem o efeito desejado, poderá pedir ao seu médico um AINE ou triptano. Os triptanos estão também disponíveis sob a forma de supositório, spray nasal ou injeção, o que é conveniente em caso de ter muitas náuseas. Se sofre de enxaquecas muito frequentes, o seu médico pode também prescrever metoprolol ou propranolol, os chamados bloqueadores beta.

No caso de cefaleias em salva, será encaminhado para um neurologista no hospital. A primeira opção é geralmente um tratamento com oxigénio: o paciente recebe oxigénio adicional durante quinze minutos através de um pequeno ou máscara. Poderá também optar pelo fármaco sumatriptano, o qual é administrado através de uma injeção na pele.

Outros riscos e efeitos secundários

Os efeitos secundários dos AINEs, como o ibuprofeno, incluem o aumento do risco de problemas de estômago, doenças cardiovasculares e trombose. Os efeitos secundários dos triptanos incluem náuseas, constrição no peito, vómitos e tonturas. Os efeitos secundários do metoprolol e do propranolol incluem mãos e pés frios, dores de estômago e intestinos, dores de cabeça e tonturas. Os triptanos podem também influenciar o efeito de outros medicamentos. É importante não tomar duas formas de AINEs simultaneamente e entre duas administrações de paracetamol de 1000 mg deverá aguardar sempre 6 horas.

Como evitar as dores de cabeça?

As dores de cabeça tensionais podem ser evitadas contornando as situações que provocam essas dores de cabeça. Se sofre de enxaqueca quando está menstruada, poderá começar a tomar AINEs ou triptano alguns dias antes da menstruação. Quando já tiver tido o período poderá deixar de tomar esses medicamentos.

Se sofre de enxaquecas sem aura e toma a pílula contracetiva, poderá ignorar a semana de pausa para evitar um ataque de enxaqueca. Existem medicamentos para prevenir crises de cefaleias em salva, como verapamil. Se este fármaco não tiver o efeito desejado, poderá tentar lítio, pizotifeno ou prednisona. Estes medicamentos são receitados por um neurologista. Se tiver dores de cabeça graves deve também deixar de fumar.

Sources

Farmacotherapeutisch kompas. (2019). Clusterhoofdpijn [website]. Geraadpleegd van
https://www.farmacotherapeutischkompas.nl/bladeren/indicatieteksten/clusterhoofdpijn

Farmacotherapeutisch kompas. (2019). Migraine, aanvalsbehandeling volwassenen [website]. Geraadpleegd van https://www.farmacotherapeutischkompas.nl/bladeren/indicatieteksten/migraine

Hersenstichting. (2019). Migraine [website]. Geraadpleegd van https://www.hersenstichting.nl/hersenaandoeningen/migraine/

Nederlands Huisartsen Genootschap. (2014, 7 januari). Ik heb hoofdpijn doordat ik vaak hoofdpijnmiddelen gebruik [website]. Geraadpleegd van https://www.thuisarts.nl/hoofdpijn/ik-krijg-hoofdpijn-als-ik-vaak-hoofdpijnmiddelen-gebruik

Voltar para o início