O número de espermatozoides no seu esperma é baixo,

    mas existem muitas opções para melhorar a qualidade do seu esperma

    Se o número de espermatozoides no seu esperma for baixo, isso não significa imediatamente que é infértil. E mesmo que não deseje ter filhos num futuro próximo, é aconselhável garantir a saúde do seu esperma e existem muitas opções que o permitem fazer. Visite o nosso website dokteronline.com para mais informações sobre fertilidade. Além disso, é também aconselhável falar com o seu médico.

    Veja estes 6 conselhos para manter a boa saúde do seu esperma:


    1. Pratique uma nutrição saudável

    Praticar uma dieta saudável pode contribuir para uma maior quantidade de espermatozoides. Tente evitar a dieta "ocidental" com grande ingestão de carnes vermelhas/processada, cereais refinados, snacks, doces e bebidas energéticas. Prefira em vez disso alimentos como frango, peixe, frutas, vegetais, legumes e cereais integrais. Tente também incluir na sua dieta nutrientes como a vitamina B12, vitamina C, nozes e licopeno.

    2. Evite usar roupa interior demasiado apertada

    Deve preferir usar boxers em vez de slips para manter mais baixa a temperatura dos testículos. A razão pela qual os testículos estão suspensos fora do corpo é para que a sua temperatura se mantenha mais baixa (cerca de menos 2 graus que a temperatura do resto do seu organismo).

    3. Pratique exercício moderado

    Garantir um peso saudável é uma ótima forma de manter a qualidade do esperma. A obesidade e a falta de atividade física provaram ter um impacto negativo na saúde dos espermatozoides. No entanto, o exercício em excesso também pode afetar a qualidade do esperma, por isso, a moderação é o ideal.

    4. Não mantenha fontes de calor perto das virilhas

    Os dispositivos que libertam calor, como telemóveis e laptops, podem aumentar a temperatura dos testículos. Não guarde o telemóvel no bolso da frente das calças e evite deixar o laptop sobre o colo durante muito tempo. As saunas, os banhos de vapor e até mesmo a febre podem também afetar a qualidade do esperma.

    5. Minimize a ingestão de cafeína e álcool

    As bebidas com cafeína podem afetar a quantidade de espermatozoides e o DNA do esperma, por isso é aconselhável minimizar a ingestão de café e de bebidas energéticas. O álcool pode também afetar a qualidade do esperma e este efeito aumenta proporcionalmente com a quantidade ingerida.

    6. Não fume e evite as drogas

    O tabaco e as drogas reduzem a quantidade de espermatozoides no esperma e aumentam anormalidades no esperma. A qualidade dos espermatozoides melhora se deixar de fumar e/ou de tomar drogas. A qualidade do esperma volta ao normal após cerca de três meses.

    Voltar para o início